domingo, 30 de agosto de 2015

Os Schtrumpfs Negros

Os Schtrumpfs Negros
Autor(es): Peyo e Yvan Delporte
Editora: União Gráfica
ISBN: n.d.
Data: 197?
Páginas: 62





Quem não conhece os Schtrumpfs, Estrumpfes ou Smurfs (Schtroumpfs no original)? Uns diabinhos azuis com um gorro branco grande e praticamente todos iguais, embora cada um deles com o seu carácter bem definido, falam uma língua estranha, em que a maioria das palavras são substituídas por "Estrumpf". São liderados pelo afável Grande Estrumpfe. Estas pequenas criaturas, passam a maior parte do tempo a lutar contra o infame feiticeiro Gasganete, que tem como único propósito conseguir apanha-los a todos... Este é o mundo fantástco dos Estrumpfes.

Estas pequenas criaturas apareceram pela primeira vez no episódio «A flauta de seis Schtroumpfs» da série Johan & Pirlouit. O nome de schtroumpf teve a origem num jantar de Peyo com Franquin, em que aquele lhe pediu algo dizendo «passa-me... le schtroumpf».
A série Schtroumpfs com um vasto merchandising, filmes de animação e álbuns de BD, está presente em mais de 25 línguas com mais de 25 milhões de livros vendidos e mais de 3 mil produtos derivados.

 

domingo, 23 de agosto de 2015

Spaghetti Em Veneza

Spaghetti Em Veneza
Autor(es): Dino Attanasio (desenhos) e René Goscinny (texto)
Editora: Distri Editora
ISBN: n.d.
Data: n.d.
Páginas: 32





A personagem principal desta série é Spaghetti, um italiano, constantemente à procura de um meio honesto de ganhar a vida. Para o efeito, exerce mil e uma profissões. É quando se encontra com o seu primo Prosciutto que começam os azares e as catástrofes... 
Goscinny, ocupado com outras séries, cedeu o argumento a vários autores.


Este álbum, Spaghetti em Paris (Spaghetti à Paris), foi editado originalmente em 1962 com a autoria de  Attanasio e Goscinny. Foi publicado na revista  Tintin do nº 27 ao 45 do 2º ano. Para além desta edição a Distri Editora publica uma nova edição em 1983 e mais tarde a Público/ASA também o edita em 2009.

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Tanguy e Laverdure - Escola de Águias

Tanguy e Laverdure - Escola de Águias
Autor(es): Uderzo (desenho) e Charlier(Texto)
Editora: Editorial Ibis
ISBN: n.d.
Data: 1969
Páginas: 48




Tanguy e Laverdure são dois pilotos de aviação e também amigos inseparáveis. Michel Tanguy é um personagem corajoso e sóbrio, enquanto o seu amigo Ernest Laverdure é um excêntrico, fanfarrão e divertido, embora continuando a ser um competente co-piloto capaz de resolver situações bastantes complicadas. A aventura e a espionagem são os dois principais ingredientes desta série imaginada por Charlier e desenhada nos episódios iniciais por Uderzo. Uderzo cede o seu lugar em 1966 a Jijé e este dará à série um realismo mais acentuado. Em 1979, após a morte de Jijé, a série passa a contar com a arte de Patrice Serres ao terminar um episódio inacabado por Jijé (Operação Trovão). Em 1988, Alexander Coutelis desenhou o último álbum da série inicial. Em 2002, aparecem algumas aventuras inéditas, iniciando-se a série «Nouvelles Aventures de Tanguy et Laverdure» com textos de Jean-Claude Laidin e desenhos de Yves Fernandez e Renaud Garreta.

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Comanche - Os Lobos de Wyoming

Comanche - Os Lobos de Wyoming
Autor(es): Hermann (desenho) e Greg (Texto)
Editora: Livraria Bertrand
ISBN: n.d.
Data: Dezembro de 1979
Páginas: 48





Os autores da série Comanche são mais sobejamente conhecidos, são verdadeiras lendas da Banda Desenhada Franco-Belga: Greg  no texto e Hermann  no desenho.
Greg deve ter sido o mais prolífico autor de estórias e de personagens da história da BD europeia (Comanche, Spirou e Fantásio, Bernard Prince, Modeste e Pompon, Luc Orient, Clifton, Olivier Rameau, Corentin, Os Náufragos de Arroyoka, Clorofila, Bruno Brazil, etc) são o exemplo disso mesmo. Para além disso foi também o desenhador de Achille Talon. Faleceu no ano de 1999... Hermann conta com muitas outras traduções para português: Bernard Prince, Comanche, Jugurtha, Jérémiah, As Torres de Bois-Maury, Caatinga, Mataram Wild Bill, etc...
Este duo funcionou até ao 10º volume da série Comanche de 15 livros, Hermann abanda a série no 10º volume por considerar que as estórias de Greg começavam a tornar-se "muito comerciais". 

A série Comanche foi editada em Portugal pela Bertrand e pela Distri.

 

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Ray Banana - Cidade Luz


Ray Banana - Aventuras no Século XX -  Cidade Luz
Autor(es): Ted Benoit
Editora: Edições ASA
ISBN: n.d.
Data: 1990
Páginas: 48




Thierry (Ted) Benoit, desenhador e argumentista francês nasceu em  25 de julho de 1947.
No  l’Echo des Savanes publicou Hôpital, destinado a um público adulto,que viria a sair em álbum em 1979.
Na revista Á suivre publicou diversos episódios relativos à série Histoires Vraies tendo argumentos de Cheraqui.
Esta série policial Ray Banana é a sua criação mais conhecida, cujo último álbum saiu em 1994, tendo surgido pela primeira vez no álbum Vers la Ligne Claire.
Partindo duma personagem desta série escreveu o argumento para os  desenhos de Pierre Nedjar de L’homme de nulle part.
Em 1996 desenhou um álbum de uma série célebre, Blake e Mortimer, L’affaire Francis Blake (O Caso Francis Blake). Em 2001 com L’etrange rendez-vous (O Estranho Encontro) volta a desenhar nesta série, mostrando ser capaz de manter o estilo iniciado por Edgar Pierre Jacobs.
Apesar de não ser um autor muito prolífico, a sua obra com um desenho meticuloso não permanece indiferente no panorama geral da banda desenhada europeia.


quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Blueberry - O Homem do Punho de Aço

Blueberry - O Homem do Punho de Aço
Autor(es): Jean Giraud (desenho) e Jean-Michel Charlier (textos)
Editora: Público/ASA
ISBN: 978-989-23-0215-7
Data: Junho de 2008
Páginas: 48




O jornal Público em colaboração com a editora ASA, editou a colecção "Blueberry" em 2008. Foram publicados 18 álbuns da melhor banda desenhada alguma vez feita sobre o Oeste americano, pelo preço unitário de € 5,90.

Este foi o 3º volume dessa colecção.  Os bandidos contratados pela Central Pacific conseguiram convencer os índios a desencadear a guerra e atacar os estaleiros da companhia rival...


O tenente Blueberry destacado no Forte Navajo, próximo da fronteira mexicana e numa zona de guerra entre americanos e «peles-vermelhas». A série decorre a partir do ano de 1868. Blueberry é um soldado rebelde e indisciplinado mas justo com os índios. Ele percorre o Oeste com os seus amigos, o alcoólico e velho Jimmy McClure, o batedor e bom atirador Red Neck, a bela Chihuahua Pearl, cantora de saloom. A partir de 1968, os criadores desta série iniciam uma série paralela «A Juventude de Blueberry». Em 1985, Colin Wilson substitui Giraud e inicia um novo ciclo, onde se conta a juventude de Blueberry na Guerra da Secessão. Com a morte de Charlier, «A Juventude de Blueberry» passa a ter argumentos de François Corteggiani e em 1988 Wilson cede o seu lugar a Michel-Blanc Dumont. Finalmente, em 1991, é lançada uma trilogia de «Marshall Blueberry» com textos de Jean Giraud e desenhos de William Vance e Michel Rouge.


segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Garfield - Maldita Segunda-Feira!

Garfield - Maldita Segunda-Feira!
Autor(es): Jim Davis
Editora: BookTree
ISBN: 989-610-011-X
Data: 2004
Páginas: 96




Não são só os seres humanos que odeiam a maldita segunda-feira, pois também existem alguns animas como o célebre gato Garfield, o seu criador, Jim Davis deu uma entrevista ao site The Huffington Post e aí explica o porquê do gato odear mais as segunda-feiras do que qualquer ser humano.

“Garfield não tem um emprego e não precisa ir para a escola e todos os dias são iguais.” admitiu Davis “Todas as segunda-feiras são apenas mais uma lembrança de que a sua vida se tornou uma eterna segunda-feira.”

“Nós vivemos num mundo onde podemos nos sentir culpados por não fazer exercício, comer e dormir demais, mas Garfield não tem nenhum problema com isso”. explicou Davis. “Ele gosta de tudo e não faz muita cerimónia com isso. Ele apenas se deita onde estiver. Eu acho que é por causa disso que as pessoas apreciam a personagem, por ele trazer um tipo de espelho para os leitores.”

sábado, 1 de agosto de 2015

Os Fanáticos do Sexo

Os Fanáticos do Sexo
Autor(es): Roland Fiddy
Editora: Publicações Dom Quixote
ISBN: 972-20-0944-3
Data: Julho de 1999
Páginas: 80




Os Guias Fanáticos de Roland Fiddy venderam mais de 1 milhão de cópias. Roland é reconhecido como um dos mais bem-sucedidos,cartoonistas premiados do mundo.Os seus desenhos são do tipo lunático, absurdo, satírico e engraçado. 
Roland Fiddy , cartoonista nasceu em Plymouth , Devon a 17 de abril de 1931 e morreu em 3 de julho de 1999 .